Outro

Wright, o revolucionário

Wright, o revolucionário

Aprendiz do arquiteto americano na década de 1950 e atual vice-presidente da Fundação Frank Lloyd Wright, Bruce Brooks Pfeiffer assina hoje a Wright: uma monografia que reúne as obras-primas do arquiteto desaparecido e fornece iluminação pessoal em suas construções. Publicado por Taschen, Wright já promete ser um trabalho de referência.

Frank Lloyd Wright, o revolucionário

Ao longo de sua carreira, Frank Lloyd Wright (1867-1959) deu vida a conquistas notáveis, tão pessoais quanto características do seu tempo. Entre o uso de aço e vidro, para revolucionar a interface entre o interior e o exterior, e a compreensão vanguardista de um ambiente ecológico, as criações do arquiteto tiveram um papel duplo: anunciar um certo era da modernidade, garantindo a Wright um lugar nos anais do gênio da arquitetura.

Wright, uma homenagem monográfica às criações de um arquiteto de vanguarda

Produzido com acesso ilimitado aos arquivos de Frank Lloyd Wright - mantido em Taliesin, Arizona -, este trabalho reúne as criações mais importantes e revolucionárias do arquiteto. Com delicadeza e reflexão, esta coleção explora em profundidade os projetos de Wright, sejam eles realizados ou não. Desde suas primeiras casas de pradaria, até o conceito de casa usoniana (incluindo "a casa na cachoeira" ou Fallingwater) até os anos de Tóquio, sem esquecer suas realizações posteriores, como o Museu Guggenheim, em Nova York; o autor, Bruce Brooks Pfeiffer, ex-aprendiz do arquiteto, analisa pesquisas recentes sobre Frank Lloyd Wright, o revolucionário. Mas vai além, oferecendo sua própria iluminação sobre essas construções futuristas, que marcaram a arquitetura moderna.
Frank Lloyd Wright Bruce Brooks Pfeiffer Taschen, 504 páginas 49,99 euros