Informação

Incomum: casas em forma de folha no sopé do Mont-Blanc

Incomum: casas em forma de folha no sopé do Mont-Blanc

Grégory Chidaine imaginou três casas de jardim no coração do país de Mont-Blanc. Essas habitações como nenhuma outra são bem chamadas de folhas habitáveis. Apaixonado por pedras e plantas, o arquiteto paisagista francês (nascido em 1973) é conhecido mundialmente por ter dado origem ao conceito de arquitetura natural. Késako? Uma fusão entre a casa e o jardim, mas também entre o homem e a natureza.

Um mundo primeiro

É a primeira vez que esses locais da vida são criados. E por boas razões, eles estão longe de ser tradicionais! As casas projetadas por Grégory Chidaine são feitas com formas de plantas em um dos locais naturais mais protegidos do mundo: o Mont-Blanc. Estes também são numerados e assinados pelo designer.
Casas construídas com arquitetura natural estão escondidas na natureza.
Eles são construídos a partir de plantas, respeitando o meio ambiente e o local em que são erguidos. O objetivo é que o habitat seja um com a natureza, para que sua integração na paisagem seja ótima.

Arquitetura natural, uma filosofia de vida

Na arquitetura natural, é necessária uma longa observação e pesquisas botânicas. Várias restrições materiais também devem ser respeitadas, como o não uso de estruturas rígidas para ir na direção oposta a uma arquitetura fixa, ou mesmo a busca por uma compreensão do local em vez da aplicação de regras clássicas.
Além das restrições técnicas, esse conceito nos chama a colocar todos os sentidos em alerta para sentir o lugar em que estamos e as emoções que isso evoca, além de esquecer a divisão entre o interior e o exterior. Mais informações em www.natureetchlorophylle.com