útil

Antes / Depois: Renovação gráfica de um apartamento de dois quartos com 25m2

Antes / Depois: Renovação gráfica de um apartamento de dois quartos com 25m2

Em Paris, a arquiteta e designer de interiores Géraldine Laferté conseguiu com sucesso a façanha de transformar um apartamento feio de dois quartos de 25m2, destinado a aluguel em um apartamento real, prático e muito gráfico. O preconceito dele? Aposte em uma paleta de cores diferenciadas, organizando o trabalho da luz. Após sua intervenção, coloque um universo de design, que dê orgulho às curvas e linhas limpas. Uma reforma exemplar que não passou despercebida pela equipe editorial. Uma verdadeira fonte de inspiração! Área: 25 m2 Orçamento: 25.000 euros

Leve luz e volume aos espaços


Antes: A desvantagem deste pequeno apartamento: sua falta de luz. Para atender às especificações muito precisas dos proprietários e, assim, restaurar a coerência e o brilho desse apartamento em ruínas, Géraldine Laferté não teve escolha a não ser realizar trabalhos de demolição e reconstrução.
Depois: Para conseguir isso, o arquiteto derrubou a divisória que separava a sala do quarto e instalou os vidros da oficina. Inspirada nos estúdios de ex-artistas, essa divisória de vidro, composta de painéis pretos, tornou possível separar espaços de maneira inteligente, deixando passar o olhar e a luz. Um viés interessante que traz cachet para este apartamento antes sem identidade real e que permite manter o espírito amigável dessas duas salas abertas. Uma espinha dorsal do projeto, a vidraça da oficina também está disponível no banheiro, que agora está equipado com um chuveiro separado por uma divisória que ecoa no dossel da sala de estar. E, para otimizar o espaço, Géraldine Laferté projetou uma "tira" elevada que esconde um vaso sanitário, um camarim e um lindo banheiro em estilo retrô. Tudo fechado por portas de correr e arandelas para otimizar o espaço. Da mesma forma, para limpar o espaço e criar uma circulação mais fluida na sala, a lareira foi removida. Agora é dado espaço a um layout de luz composto por peças vintage e móveis mais contemporâneos.

Uma decoração diferenciada


Antes: Difícil de perceber o potencial real deste apartamento cansado, pois a decoração está fora de moda. Os tons de bordô do tapete, a credibilidade extravagante do banheiro e os móveis incompatíveis dão uma aparência antiquada aos quartos, que imediatamente parecem mais estreitos do que realmente são.
Depois: Difícil reconhecer o apartamento original quando o trabalho estiver concluído! Hoje, o apartamento exibe um estilo de dois tons na moda. Móveis, cores, materiais coordenam e vibram a decoração que adota um gradiente de tons que variam do preto ao cinza claro e ao branco. Mesas laterais com pés de bússola, mesa de jantar com linhas limpas, padrões gráficos e cores de framboesa melhoram a sobriedade da sala de estar. O banheiro é decorado com mosaicos cinza e preto, permitindo assim manter uma certa harmonia entre os espaços. Arquiteta Géraldine Laferté